Super Bowl: Chiefs vence, Kelce e Taylor Swift comemoram e Beyoncé anuncia novo álbum | Empresas

Com uma reviravolta memorável liderada por Patrick Mahomes, o Kansas City Chiefs revalidou o título da NFL neste domingo ao derrotar o San Francisco 49ers por 25 a 22 na prorrogação em Las Vegas, onde a cantora Taylor Swift vibrou com a vitória de seu companheiro, Travis Kelce.

O Kansas City superou uma desvantagem de 0-10 à beira do intervalo e selou a vitória com uma fabulosa série ofensiva de Mahomes que culminou com um touchdown de Mecole Hardman a três segundos do fim, que fez Swift e as outras celebridades que estavam no Allegiant Stadium pularem de alegria.

Os Chiefs, com três títulos de campeão nas últimas cinco temporadas, se estabeleceram como a nova dinastia da liga de futebol americano e são os primeiros a reter o título desde os Patriots de Tom Brady em 2005. Mahomes se estabelece como a estrela indiscutível da NFL desta década e, aos 28 anos, ainda está a caminho do recorde de sete troféus de Tom Brady.

Após a vitória eletrizante, Swift rapidamente desceu à grama para parabenizar Kelce, o momento mais esperado por muitos fãs que estão afastados do esporte, mas que embarcaram na temporada da NFL para acompanhar o romance midiático. “Foi incrível. Uma das coisas mais loucas que já experimentei”, disse Swift ao namorado vitorioso depois de lhe dar um beijo e um longo abraço. Sinto-me “no topo do mundo agora. É uma sensação boa”, resumiu Kelce mais tarde à mídia.
Vídeo: Taylor Swift beija namorado Travis Kelce no campo

Super Bowl: Taylor Swift beija namorado Travis Kelce no campo após vitória do Chiefs

Super Bowl: Taylor Swift beija namorado Travis Kelce no campo após vitória do Chiefs

Usando um colar de ouro com o número 87 de Kelce, o artista atraiu a maior parte da atenção dos 61 mil espectadores em uma arquibancada onde brilharam outras estrelas como o jogador de basquete LeBron James, os músicos Paul McCartney e Jay-Z e o ator Leonardo di Caprio. Swift, que chegou com urgência no sábado após seu show em Tóquio, vivenciou apaixonadamente o jogo com amigos como a cantora Lana Del Rey e a família do jogador e recebeu diversos aplausos, como quando apareceu nos telões terminando uma cerveja cheia velocidade.

Usher, Beyoncé e… Messi

A presença de Swift e de Beyoncé, que aproveitou o evento para anunciar um novo álbum, ofuscou o tradicional show de intervalo realizado por Usher. A figura do R&B revisou suas melhores músicas com um show inspirado nos símbolos da capital do jogo que teve Alicia Keys e o rapper Ludacris como convidados surpresa.

O primeiro Super Bowl em Las Vegas, cidade que a NFL deu as costas por muito tempo para não ser associada ao jogo, esperava quebrar recordes tanto de apostas esportivas quanto de audiência televisiva, ao agregar novos públicos atraídos pelo romance midiático de Swift. A transmissão da CBS mostrou inúmeras fotos da cantora pulando, dançando e roendo as unhas, além dos habituais comerciais televisivos milionários, um deles protagonizado por Lionel Messi driblando banhistas em uma praia paradisíaca para promover uma marca de cerveja.

O Super Bowl mais esperado dos últimos tempos também atendeu às expectativas esportivas com um duelo emocionante em que os Chiefs mais uma vez superaram uma vantagem de dois dígitos contra os 49ers como no Super Bowl de 2020. A derrota cruel condenou a emblemática franquia de São Francisco a prolongar sua seca de três décadas sem títulos.

Já Mahomes se juntou a Brady e outras lendas como Joe Montana, Troy Aikman e Terry Bradshaw no clube de quarterbacks com pelo menos três troféus Vince Lombardi. “Não terminamos. Temos um time jovem e vamos em busca de mais”, alertou Mahomes, eleito MVP (Jogador Mais Valioso) do Super Bowl pela terceira vez.

O jogo foi extremamente disputado com defesas dominantes que mal permitiram o avanço do placar com base nos gols de campo. Os 49ers foram os primeiros a atacar no segundo quarto com um chute de Jake Moody, enquanto os nervos atacavam alguns Chiefs imprecisos. Kelce, que garantiu não se incomodar com a atenção global, ficou furioso, gritando e empurrando seu veterano técnico Andy Reid para a linha lateral.

O poderoso ataque dos 49ers marcou presença com uma fabulosa jogada estratégica que levou ao primeiro touchdown do jogo de Christian McCaffrey que fez o placar 0-10. Mahomes, que superou déficits de dois dígitos em suas três vitórias no Super Bowl, manteve a calma e guardou o melhor para o final. O jogo virou com várias jogadas de sorte que favoreceram os Chiefs, que forçaram a prorrogação com um field goal de 29 jardas de Harrison Butker faltando apenas três segundos para o fim.

Na prorrogação, os 49ers avançaram com outro field goal, mas deixaram sete minutos nas mãos de Mahomes para uma última resposta. O quarterback esgotou o tempo, fez uma corrida que chocou Swift e levou a bola três jardas para fazer o passe final da vitória para Mecole Hardman.

“Não tenho muitas palavras para descrever como é”, lamentou o técnico do San Francisco, Kyle Shanahan. “Obviamente estamos feridos, mas estou muito orgulhoso dos nossos meninos (…) Levaremos algum tempo para superar isso e voltaremos no próximo ano preparados.”

Mahomes se juntou a Brady e outras lendas como Joe Montana, Troy Aikman e Terry Bradshaw no clube de quarterbacks com pelo menos três troféus Vince Lombardi — Foto: Todd Rosenberg/NFL
Mahomes se juntou a Brady e outras lendas como Joe Montana, Troy Aikman e Terry Bradshaw no clube de quarterbacks com pelo menos três troféus Vince Lombardi — Foto: Todd Rosenberg/NFL

Deixe um comentário

x