Inclusão Sanitária e Social que promove benefícios além da conta | Aegea

Das obras de infraestrutura, as que mais impactos positivos trazem à vida das pessoas são ligadas ao saneamento básico. Investimentos em água tratada, coleta e tratamento de esgoto são os que promovem maior desenvolvimento econômico e social em larga escala.

A partir do momento em que famílias inteiras passam a acessar serviços de água encanada e esgoto tratado, elas naturalmente começam a ter rotinas mais saudáveis e mais produtivas. As crianças passam a ter melhor aproveitamento na sala de aula, já que a menor incidência de doenças tem impacto direto na redução do absenteísmo escolar. Por isso, investimentos em infraestrutura nessa área provocam o impacto mais completo possível, que parte da qualidade de vida proporcionada pelos serviços e desemboca no desenvolvimento das regiões onde as comunidades estão inseridas. Nesse contexto, as pessoas que mais testemunham esses benefícios são justamente as que vivem em condições de maior vulnerabilidade, pois historicamente consumem água sem qualidade e convivem mais próximos de esgotos a céu aberto.

Os benefícios podem ser medidos: de acordo com o Instituto Trata Brasil, os investimentos previstos pelo Novo Marco do Saneamento têm potencial de gerar ganhos econômicos e sociais na ordem de R$ 815,7 bilhões até 2040. É um legado que permanece, mesmo depois que as obras terminam. Leva à valorização imobiliária das áreas e ao incentivo a outros diversos setores, incluindo o comércio e o turismo.

Programa Vem Com a Gente foi responsável pela implantação de mais de 150 quilômetros de redes, levando água potável a comunidades vulneráveis em Manaus — Foto: Divulgação/Águas de Manaus
Programa Vem Com a Gente foi responsável pela implantação de mais de 150 quilômetros de redes, levando água potável a comunidades vulneráveis em Manaus — Foto: Divulgação/Águas de Manaus

Empregabilidade e diversidade

Com 13 anos de trajetória, a Aegea compreende sua responsabilidade social corporativa e vai além. Com esforços e ações concretas para ampliar sua capacidade de impactar positivamente os 489 municípios, de 13 estados, onde atua, trabalha ativamente com olhar especial aos locais isolados, de difícil acesso e de vulnerabilidade social, como as comunidades e palafitas.

Essa visão de atuação social da companhia fica visível em uma série de iniciativas, que incluem a contratação de moradores das áreas onde a empresa atua — a concessionária Águas do Rio, por exemplo, que opera em 27 municípios do Estado do Rio de Janeiro, incluindo 124 bairros da capital, atendendo dez milhões de pessoas, em um ano, gerou oito mil empregos e contratou 4.500 funcionários em comunidades.

O cuidado com as pessoas é um dos pilares estratégicos da Aegea, a ponto de a empresa registrar seu compromisso com a diversidade e a inclusão na forma de sustainability-linked bonds (SLB). Inédita no setor de saneamento na América Latina, a iniciativa está atrelada ao aumento, até 2030, da representatividade de talentos negros em cargos de liderança, subindo dos atuais 19% para 27%, e de mulheres, passando de 32% para 45%.

Outro foco de atuação no pilar social consiste em investir na Tarifa Social para além das metas contratuais. “O grande desafio do setor é alcançar a universalização do saneamento. Hoje, ainda existem 35 milhões de pessoas sem acesso a água tratada no Brasil e em torno de 50% sem coleta e tratamento de esgoto. A companhia entende que o olhar para pessoas em vulnerabilidade social é fundamental para atingir as metas de universalização do Novo Marco do Saneamento. Entender a realidade dessas localidades e buscar soluções faz parte da estratégia de negócio da companhia”, afirma, afirma Édison Carlos, presidente do Instituto Aegea.

A Tarifa Social é um instrumento financeiro previsto em contratos de concessão que oferece desconto para famílias que atendam a critérios estabelecidos. Mas é comum que os limites e os critérios impostos pelo contrato não sejam suficientes para atender a toda a população vulnerável. “O ODS6 ressalta a urgência do acesso ao saneamento. Para isso, é necessário não só ampliar a infraestrutura, mas sobretudo criar mecanismos que tornem viável essa inclusão. O compromisso da Aegea é com a inclusão sanitária da população de baixa renda pelo acesso aos serviços e seus benefícios, promovendo dignidade e cidadania”, detalha Édison. Como resultado, a empresa já concedeu acesso a esse benefício para mais de 1,7 milhão de pessoas.

O mapeamento das necessidades de cada região onde atua é realizado por meio de programas como o Vem Com a Gente, que teve início em Manaus com o objetivo de regularizar os sistemas de água e esgoto existentes no município, bem como ampliar e atualizar os cadastros dos clientes — que, por sua vez, passam a contar não só com melhores condições sanitárias, mas também em muitos casos passam a ter um comprovante de residência e a exercer atividades simples como a abertura de um crediário.

Em Manaus, o Programa Vem Com a Gente implantou mais de 150 quilômetros de redes, levando água potável às comunidades vulneráveis vivendo em becos e palafitas. Promoveu a regularização do abastecimento, identificando, em visitas porta a porta, residências que precisavam dos serviços da concessionária e ainda não tinham conexão à rede de abastecimento.

Manaus conta ainda com uma ação pioneira no Brasil, a Tarifa 10, que estabelece a cobrança fixa de R$ 10 nas contas de água e de esgoto para uma parcela da população ocupante de residência cadastrada na faixa de renda na linha da extrema pobreza do CadÚnico. “A estimativa é atender pelo menos 28 mil famílias com a Tarifa 10, ou seja, serão mais de 110 mil pessoas beneficiadas”, informa Édison.

Crianças visitam a Estação Fonte do Saber, da Águas de Manaus, o primeiro museu interativo de ciências da capital amazonense — Foto: Divulgação/Águas de Manaus
Crianças visitam a Estação Fonte do Saber, da Águas de Manaus, o primeiro museu interativo de ciências da capital amazonense — Foto: Divulgação/Águas de Manaus

A Aegea atua ainda desenvolvendo programas e projetos de impacto socioambiental e relacionamento com a comunidade em conjunto com empresas e organizações da sociedade civil parceiras em cada território onde atua. O relacionamento próximo e transparente com stakeholders e lideranças locais visa promover a melhoria contínua dos serviços das concessionárias do Grupo e se engajar na transformação social de cada município, participando do dia a dia do território e promovendo um legado de desenvolvimento sustentável em parceria com a comunidade.

Deixe um comentário